O Homem Que Ri, um poderoso drama de época inspirado no romance de Victor Hugo

por max 7. novembro 2014 11:20

 

Quem não conhece Coringa, o inimigo do Batman? Quem não conhece seu sorriso, seu macabro sorriso? Pois bem, esse personagem criado por Bob Kane junto a uma equipe de artistas, foi inspirado em outro personagem, mas dessa vez em um personagem literário, de um romance de Victor Hugo chamado Gwynplaine, um ser, ao contrário do Coringa, de alma limpa, pura, uma boa pessoa. Mas, sempre tem um "mas", Gwynplaine tem o rosto marcado, mutilado: ele tem o sorriso alargado, tem os lábios cortados. E isto, desde pequeno. Mas por quê? Porque ali tem um passado oculto, que o próprio personagem desconhece. Uma vingança que tem a ver com a morte de seu pai e que foi herdada na forma dessa horrível cicatriz, que o mandou para os abismos mais obscuros da raça humana, para trabalhar em miseráveis espetáculos de circo cigano, entre outros serem mutilados e deformados como ele. Em certo momento, Gwynplaine enfrentará seu passado, descobrirá terríveis verdades e ainda vai dar de cara com o amor, um amor que foi negado durante anos por sua horrível condição. O que essa descoberta traz, poderia ser uma história de contos de fadas, mas no caso de O Homem Que Ri, não é. Como já dito, é terrível.

O Homem Que Ri, domingo 9 de novembro, no Max.

O que você vê quando vê o Max?

Para reapresentações, clique aqui.

Etiquetas:

Geral

Comentar




  Country flag
biuquote
  • Comentário
  • Pré-visualização
Loading




arquivos
 

nuvem