Paixão por Mexilhões, um documentário fascinante sobre a vida… dos mexilhões na Holanda

por max 25. junho 2014 17:20

 

Não interessa se ninguém pense assim, eu digo que sim, eu penso. Este é um documentário sobre mexilhões e é maravilhoso. Sim, mexilhões, isso que se come, um documentário sobre a vida dos mexilhões, sobre o amor dos mexilhões e pelos mexilhões, e é, já disse, um documentário belíssimo e muito divertido. Acontece que ele é dirigido por uma mulher que, além de tudo, estudou filosofia: a holandesa Willemiek Kluijfhout. Ela apresenta Paixão por Mexilhões (L'amour des moules, 2012) com um maravilhoso bom gosto e qualidade narrativa tão impressionante, que você não terá dúvida, sob nenhuma circunstância, que a vida e o amor dos mexilhões tem elevado grau de diversão.

Neste caso, ela fala dos moluscos da província de Zeeland na Holanda, mexilhões adorados, amados, cobiçados por franceses e holandeses na alta temporada, mexilhões que movem paixões, ódios e delícias. Um chef experiente, marinheiros, gente que degusta, biólogos, médicos, todos falam e degustam mexilhões neste maravilhoso filme que ganhou o coração de todos que o viram.

Com o recurso de uma câmera realmente única, muito próxima, muito íntima, também conheceremos de perto o ciclo sexual e amoroso destes moluscos, assim como uma médica ginecologista que usa os mexilhões para salvar a vida de bebês em gestação.

Você precisa ver, aproveitar e saborear, porque é um documentário realmente bom. Sem falar da música, que é fascinante, delicada, comovente. Não perca.

Paixão por Mexilhões, terça, 01 de julho, no Max.

O que você vê quando vê o Max?

Para reapresentações clique aqui.

arquivos
 

nuvem