A Guerra Está Declarada, ou quando Romeu e Julieta tiveram um filho

por max 11. outubro 2013 09:44

 

A Guerra Está Declarada (La guerre est déclarée, 2011): Romeu e Julieta nos tempos atuais. Romeu e Julieta, se a morte não tivesse interrompido, se tivessem se casado, tido um filho, se esse filho tivesse uma doença grave. Esta é a história real da atriz e diretora Valérie Donzelli. Ela viveu o que o filme mostra, decidiu lutar, decidiu declarar guerra a tudo que declara guerra contra o amor e a felicidade. Porque a vida declara guerra à felicidade, constantemente.

No filme, o início da Guerra do Iraque também marca o início da guerra que Romeu (Jérémie Elkaïm, que é marido da diretora) e Julieta declararam à doença do filho. Eles lutam para salvá-lo, para erradicar o tumor cerebral. Mas não pense que o filme é um drama sombrio, ou se afunde na pobreza. Ou tenha um leve ânimo da luta (como poderia, se a mesma diretora está contando o que ocorreu?). Há leveza, os atores são leves, jovens, e percebe-se a determinação em seu empenho para superar a enfermidade. Claro, também há dor. O casal sofre e tem conflitos, e aquele empenho contra a enfermidade não é fácil. O tom da música é eletrizante, as atuações, a sinceridade e uma direção limpa e rápida faz deste trabalho uma fantástica mostra de esperança e vida.

A Guerra Está Declarada, domingo, 13 de outubro. O que você vê quando vê o Max?

Para reapresentações, clique aqui.

arquivos
 

nuvem