Termina o ciclo de cinema de Bollywood com Motos Explosivas

por max 30. janeiro 2012 12:19

 

De O Selvagem (The Wild One, 1953) para cá, as motos têm sido um tema cinematográfico recorrente. Pode-se dizer que talvez a geração beat tivesse a ver com isso, com essa viagem pelas estradas da América. Possivelmente a imagem de Marlon Brando pese mais do que a de qualquer intelectual. Nessa linha também está Sem Destino (Easy Rider, 1969), entre outros. Claro que temos também Fúria em Duas Rodas (Torque, 2004), filme no qual sobram motos, e a série Taxi (1998, 2000, 2003, 2007), produzida por Luc Besson, repleta de táxis, claro, e que, aparentemente, foi a verdadeira inspiração do diretor Sanjay Gadhvi, filho de Yash Chopra, o Midas de Bollywood, para realizar Motos Explosivas (Doohm, 2004), um filme de ação, cheio de motos, tiros, perseguições e roubos. Filho de peixe, peixinho é e, com este filme, Sanjay Gadhvi mostra exatamente isso, pois Motos Explosivas foi, em seu lançamento, uma das produções mais bem sucedidas nas bilheterias indianas. Claro, não há somente motos e ação, o roteiro também traz danças e canções na batida da música eletrônica.

Motos Explosivas, encerrando com chave de ouro o ciclo de cinema de Bollywood, que o Max nos trouxe este mês. Assista na segunda-feira, 30 de janeiro. Reinvente, imagine de novo. Descubra o Max.

Para reapresentações, clique aqui.

arquivos
 

nuvem