Chup Chup Ke – Silenciosamente, encerrando o ciclo Benvindos a Bollywood

por max 28. agosto 2013 11:08

 

Digamos que estamos diante de uma comédia de Bollywood e que isso tem o seu risco. Porque tem base no silêncio, ou em dois personagens mudos, um deles, realmente mudo (na ficção, claro). Mas vamos começar pelo início. O filme se chama Chup Chup Ke – Silenciosamente (Chup Chup Ke, 2006) e foi dirigido pelo mestre Priyadarshan, que dessa vez propõe uma comédia que começa com o desespero por causa de dívidas. Jeetu (Shahid Kapoor) é um especialista que assume muitas dívidas, envolvendo toda sua família em problemas, principalmente a seu pai, sobre quem recai todo o peso dos credores, com constantes ameaças de agressão. Arrasado pela culpa e preocupação, Jeetu decide se matar. Com sua morte, um seguro de vida pagará todas as dívidas de seu pai. Mas Jeetu não é bom em nada e não terá nem a sorte de morrer. Se joga de uma ponte, mas logo acorda entre as redes de um casal de pescadores, Gundya (Paresh Rawal) e Bandya (Rajpal Yadav), que, acreditando que ele é milionário, o entrega a um comerciante chamado Prabhat Singh Chauhan (Om Puri), com a finalidade de quitar as dívidas que eles também têm. É aí que Jeetu decide se fingir de mudo. Mudo, atenção! Em um filme de Bollywood, onde as pessoas dançam e... cantam sem parar. Longe de sua família, convenientemente desaparecido, Jeetu conhece a sobrinha de Prabhat, uma bela garota chamada Shruti (Kareena Kapoor). Shruti, no filme, é realmente muda. Depois de várias confusões, Jeetu se passa pelo noivo de Shruti, para evitar um casamento arranjado. E assim as coisas vão entre canto e comédia neste filme que une pela terceira vez o casal de sobrenome Kapoor.

Chup Chup Ke – Silenciosamente, quinta 29 de agosto, encerrando o ciclo Benvindos a Bollywood, no Max.

Para reapresentações, clique aqui.

Etiquetas:

Geral

arquivos
 

nuvem