O Outro Lado da Prostituição, documentário sobre a prostituição mundial com diversos prêmios internacionais em março no Max

por max 3. março 2014 10:58

 

O diretor de O Outro Lado da Prostituição (Whores´ Glory, 2011), o austríaco Michael Glawogger, falou o seguinte sobre seu filme: "Não condeno nem defendo a prostituição. A prostituição simplesmente é. É como a guerra. A guerra é". E é assim que este documentário de olhar poético percorre a noite, seus cantos e suas armadilhas assassinas em busca das vozes de um grupo de prostitutas na Tailândia, Bangladesh e México.

Com O Outro Lado da Prostituição, Glawogger encerra uma trilogia de documentários premiados em todas as partes do mundo, que teve início com Megacities (1998), trabalho que relata a vida das pessoas que vivem precariamente em cidades como Bombaim, Nova York, Moscou ou Cidade do México, que teve sequência com Workingmen´s Death (2005), que explora a existência de pessoas que trabalham em empregos miseráveis e difíceis na Ucrânia, Indonésia, Nigéria, Paquistão e China. E com O Outro Lado da Prostituição encerra o ciclo, voltando à estrutura de mostrar seres humanos de diferentes países sob o mesmo olhar ou tema.

A viagem começa na Tailândia, especificamente em Bangkok, onde o turismo sexual acontece abertamente e onde entramos em uma espécie de bordel-aquário, em que as garotas estão sentadas atrás de uma vitrine e os clientes, do outro lado, as escolhem. De lá vamos para Bangladesh, onde conhecemos uma mulher, casada e com filhos, muito pobre que se prostitui por poucas moedas, e o marido sabe. No México entramos em áreas violentas e dominadas pelo tráfico de drogas, onde as mulheres exercem seu ofício guiadas por uma carga religiosa muito católica.

Testemunhos pesados, comoventes, inusitados, às vezes divertidos, uma exploração completa do universo da prostituição mundial de baixo nível, que deu a este documentário o Prêmio Especial do Júri no Festival de Veneza em 2011 e os prêmios de Melhor Documentário e de Melhor Fotografia na cerimônia da Academia Austríaca em 2012.

O Outro Lado da Prostituição, terça, 4 de março, no Max.

O que você vê quando vê o Max?

Para reapresentações, clique aqui.

arquivos
 

nuvem