Um quarto em Roma, ou algumas horas dentro do corpo de duas mulheres

por max 19. março 2013 14:55

 

Bom, a ideia era fazer um remake de Na Cama (En la Cama), do chileno Matías Bize. Mas Julio Medem, aquele que nos fascinou com Lúcia e o Sexo (Lucía y el Sexo – 2001 e com O Esquilo Vermelho / La Ardilla Roja - 1993), queria algo mais para envolver todo o tema, fez que o casal tivesse, nesse caso, duas mulheres.

 

 

Assim surgiu Um Quarto em Roma (Habitación en Roma – 2009), filme ambientado em Roma, mas em um quarto de Roma, e em poucas horas; somente as poucas horas que dura o romance dessas duas mulheres que, por acaso, se conhecem em um bar e então decidem ficar juntas e ver como se saem com sexo e um bom papo.

 

 

Elas conversam sobre suas vidas, suas frustrações e alegrias e, em suas histórias, o real e o imaginário se misturam. A beleza de dois corpos nus de duas atrizes magníficas e que estão muito bem, Elena Anaya e a ucraniana Natasha Yarovenko, acompanhadas de delicadeza, sem intenções propriamente escandalizadas, de cada momento deste filme delicado.

 

 

Às vezes, no silêncio de um quarto, se vive toda uma vida e o seu grande amor. Assim fazem essas duas personagens distantes e diferentes, duas mulheres que entraram não só nas profundezas de seus corpos, mas também de seus espíritos.

 

Um Quarto em Roma (Habitación en Roma), domingo 24 de março. Paixão, intimidade, controvérsia, beleza. O que você vê quando vê o Max?


Para reapresentações, clique aqui.

arquivos
 

nuvem