De Coração Aberto, um drama poderoso sobre o amor louco e o alcoolismo

por max 19. junho 2014 02:57

 

Juliette Binoche e o venezuelano Edgar Ramírez estrelam De Coração Aberto (À Couer Ouvert, 2012), da atriz e diretora francesa Marion Laine, um filme baseado no livro de Mathias Énard Remonter l'Orénoque (2005), que contra a história de um amor louco que, de repente, deixa de existir. Trata-se do amor de Mila e Javier. Ambos são médicos, jovens, bonitos, estão casados e sentem uma grande paixão um pelo outro. Javier bebe e, de fato, foi expulso do centro cirúrgico por beber enquanto realizava uma operação de coração; agora ele se limita a realizar consultas e dar aulas. Mas não se importa, no momento não se importa. Mila está bem com isso, Mila também o acompanha na bebida em algumas ocasiões. Diverte-se com ele, o ama, faz loucuras com ele, e também se recusou a engravidar para continuar vivendo esse amor louco que eles têm. Mas um dia, Mila finalmente engravida, e é aí que os problemas começam a surgir. Mila, que já se deu conta que Javier realmente tem um problema, pensa que o bebê pode ajudar a mudar seu marido. Ele, por outro lado, vai entrar em decadência cada vez mais, em negação.

De Coração Aberto é um drama sobre as relações de casais e de como até o amor mais apaixonado pode ser destruído pela terrível doença do alcoolismo. Laine dirige um filme sem concessões, que não se detém em desculpas e que vai direto às ações, ao problema, ao drama, o que traz um amplo campo de atuação a Binoche e Ramírez, que realmente conseguem alcançar atuações comoventes.

Um destaque especial a Edgar Ramírez, ator venezuelano que vem atraindo a atenção internacional desde 2007, quando interpretou um terrível assassino em O Ultimato Bourne (The Bourne Ultimatum), e depois interpretou o famoso terrorista (também venezuelano) Carlos, o Chacal em Carlos (2010) de Olivier Assayas, série de televisão francesa (e depois virou filme) que rendeu a Ramírez a indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atuação em Minissérie, e o Prêmio César de Melhor Ator Revelação em 2011.

De Coração Aberto, domingo 22 de junho, no Max.

O que você vê quando vê o Max?

Para reapresentações, clique aqui.

Etiquetas:

Geral

arquivos
 

nuvem