Chegará Um Dia, uma viagem ao interior da mulher, dirigida pelo premiado Giorgio Diritti

por max 16. outubro 2014 06:50

 

Chegará Um Dia (Un Giorno Devi Andare, 2013) é o terceiro longa de Giorgio Diritti (O Vento Faz Sua Curva (Il Vento Fa Il Suo Giro) e L'uomo Che Verrà), diretor que tem alcançado muito sucesso nos últimos tempos. Diritti apresenta neste terceiro trabalho a viagem de uma mulher, Augusta (Anne Alvaro), que se inicia, como toda grande viagem, em uma crise. Ela acaba de perder um filho e, além disso, foi abandonada pelo marido. Assim, tomada pela dor e sob a perspectiva de sua visão de caridade cristã, Augusta decide seguir o caminho de uma conhecida que é religiosa. Ela vai para a Amazônia e lá vai descobrir que o mundo é tão complexo que nem suas crenças religiosas são suficientes. Augusta vai se encontrar com um paralelo da sua vida, em um distante povoado que tem uma comunidade de mulheres religiosas e meninas que devem enfrentar a dureza do mundo, pois os homens são eximidos de toda responsabilidade. Naquele lugar mergulhado no subdesenvolvimento, Augusta encontrará terríveis injustiças da civilização, o tráfico de crianças para roubos de órgãos, discursos populistas de políticos que constroem estruturas de concreto com a suposta finalidade de melhorar as condições de vida dos habitantes. Como em outros filmes de Diritti, este explora a relação entra a pessoa e a comunidade, entre a civilização e a pureza do espírito. Um filme duro, difícil e magnificamente fotografado e bem interpretado.

Chegará Um Dia, sábado 18 de outubro, no Max?

O que você vê quando vê o Max?

Para reapresentações, clique aqui.

Etiquetas:

Geral

arquivos
 

nuvem