Ciclo Bem-vindos a Bollywood

por max 31. julho 2013 15:08

 

Durante o mês de agosto, no Max, daremos as boas-vindas a Bollywood, a indústria que produz cerca de 1000 filmes por ano e que fascina com suas histórias românticas, dramáticas, aventureiras, de ação, mas que nunca, nunca se atreve a se exceder com beijos, muito menos com sexo. Você acreditou que Hollywwod era a Meca do cinema? Você se enganou! A Meca do cinema comercial está em Bollywood. Só no ano passado, Bollywood vendeu, no mundo inteiro, milhões de ingressos a mais que Hollywood. É uma produção cinematográfica comercial de alta qualidade, repleta de fórmulas, piscadelas, maneiras e costumes da Índia. Se quiser saber mais detalhes que envolvem o cinema de Bollywood, recomendo acessar o site bollywhat.com (http://www.bollywhat.com/), uma excelente página em inglês que traz tudo sobre esta enorme indústria do cinema.

Mas vamos ao objetivo: este mês, toda quinta-feira, o Max traz um filme de Bollywood... e também um outro nem tão Bollywood, mas parecido. O calendário é:

 

Quinta 1º de agosto: Delhi-6 (2009), com Abhishek Bachchan e Sonam Kapoor, dirigido pelo célebre Rakeysh Omprakash Mehra.

 

Quinta 8 de agosto: Sr. E Sra Khanna (2009), com o famoso Salman Khan e com Kareena Kapoor, dirigido por Prem Soni.

 

Quinta 15 de agosto: Amor Antes e Depois (Love Aaj Kal, 2009), protagonizado por Saif Ali Khan e Deepika Padukone, e com direção de Imtiaz Ali.

 

Na quinta 22 de agosto: O Detetive Bengali (Bengali Detective, 2011), um documentário que às vezes não é um documentário, dirigido pelo britânico Philip Cox, e que tem muito de Bollywood, que é idêntico a Bollywood, ou algo assim...

 

E quinta 29 de agosto: Chup Chup Ke – Silenciosamente (Chup Chup Ke, 2006), com Shahid Kapoor e Kareena Kapoor nos papéis principais, com direção do lendário diretor de mais de 80 filmes, Priyadarshan.

 

 

Mas para começar, vamos conversar sobre Delhi-6 (2009). É um drama com toques de comédia – ou vice-versa, com direção de Rakeysh Omprakash Mehra, considerando um dos diretores dos novos tempos do cinema da Índia. Delhi-6 foi um sucesso de público e também de crítica, inclusive foi para o Festival de Veneza. O filme conta a história de um jovem chamado Roshan (Abhishek Bachchan), que passou toda sua vida nos Estados Unidos e que agora retorna ao seu país natal para ficar com sua avó que está morrendo. Ao chegar a Delhi, Roshan se depara com uma nova realidade, com a forte marca das diferenças das castas, com os costumes, a moral, com outra maneira de entender o mundo, bem diferente de como ele aprendeu na América, e tudo isto o leva a experimentar uma mudança interior muito profunda no meio deste antigo mundo que tem o código postal 10006, que é resumido como Delhi-6.

Lembre-se, nesta quinta, 1º de agosto, começa o ciclo Bem-vindos a Bollywood... E começa com Delhii-6. Mais cinema, mais Bollywood. O que você vê quando vê o Max?

arquivos
 

nuvem