Tommy Wirkola prepara para 2012 Hansel e Gretel: Witch Hunters

por max 18. maio 2011 11:48

 

O diretor norueguês Tommy Wirkola, prepara para 2012 Hansel e Gretel: Witch Hunters, o filme também será exibido em 3D. Esta é uma história que reúne os personagens da tradição popular alemã, compilada pelos irmãos Grimm, 15 anos após a traumática experiência de ter vivido com a bruxa que terminava jogando os irmãos no forno. Talvez justamente porque eles atravessaram uma experiência de vida tão difícil, agora ambos são caçadores de bruxas, os melhores. Naturalmente, este não é um conto de fadas lindo. Wirkola leva em conta tudo que você gosta, tudo o que aprendeu ao longo dos anos fazendo filmes como Dead Snow (nazistas zumbis, lembra?) e traz uma festa de sangue, horror e sangue. O filme conta com as interpretações de Jeremy Renner (indicado ao Oscar por The Hurt Locker, 2010) como Hansel e Gemma Arterton (Prince of Persia: The Sands of Time, Quantum of Solace) como Gretel, Famke Janssen (sempre linda ) E Peter Stormare (o magnífico satã de Constantine).

Teremos que ver então se Wirkola super a fantasia de Dead Snow, um filme que como você sabe, pode assistir este mês na Max.

Dead Snow, horror e humor no cinema pós-moderno

por max 12. maio 2011 02:52

 

O cinismo da pós-modernidade faz arte. Arte divertida que vem do pensamento de quem já não acredita nas grandes narrativas da modernidade, na seriedade dessas narrativas mega pós-modernas que já não são válidas. Humor, cinismo e homenagem, a paródia da paródia, o humor do humor. Todos estes elementos pertencem à estética, à sensibilidade da pós-modernidade. Olhar para o passado, quando não há futuro (a queda das grandes histórias, a validade da história) olhar para lá, recriar, fazer pastiche e colagem. Uma arte de aditivos, arte referencial da pós-modernidade. Zumbis na Neve (Dead Snow, Død snø, 2009) do diretor norueguês Tommy Wirkola, é uma amostra bastante representativa de tais características. Lembre-se que Wirkola tornou-se um nome na indústria cinematográfica em seu país e alguns circuitos especializados por meio de Kill Buljo: The Movie (2007), um filme que presta homenagem, a paródia e o exagero de Kill Bill (2003 e 2004) de Tarantino. Temos aqui uma paródia da paródia: os famosos filmes de Tarantino são tributos de outros filmes do passado. Então a peça de Wirkola é um objeto imediato, cujos objetos dinâmicos (aqueles que são seus referentes) se referem a outras referências, a outras representações e portanto, formam uma interessante semiose fílmica. Zumbis na Neve, uma vez mais, têm as suas referências em outros filmes, neste caso de horror, especificamente de zumbis. Os clássicos americanos estão muito presentes, com suas constantes e seus lugares comuns, mas desta vez combinados em uma maneira que é bastante original: jovens amigos, festas, neve, sexo e zumbis... mas nazistas. Sim, os zumbis neste filme são nazistas. Zumbis na Neve é uma excelente mistura de terror com humor que sabe a hora de nos fazer rir, que sabe quando pode nos assustar e também sabe quando nos fazer dar gargalhadas nervosas. Uma jóia de ação, mau gosto, humor, horror e cinema contemporâneo.

Zumbis na Neve, na terça-feira 24 de Maio. Descubra Max.

Clique aqui para outras exibições.

arquivos
 

nuvem